domingo, 30 de novembro de 2014

Caso mal resolvido

Um dia talvez
Encontramos-nos em um canto qualquer
Trocar palavras combinadas
Ou apenas saber se está tudo bem.
Um dia talvez
Realize seus sonhos
Ou se lembre de seu passado
E se dê conta de que não houve fim.
Um dia talvez
Possamos finalmente resolver esses problemas mal resolvidos,
Colocar pedras em cima das feridas
E cada um segue a própria vida sem ressentimentos.
Um dia talvez
Possa existir esse caso mal resolvido
Que nasceu na minha imaginação.

sábado, 29 de novembro de 2014

Ser.

Olho-me longamente ao espelho
O rosto que sorri
Parece ao da garota rebelde
Que escrevia poemas na capa do caderno

Os olhos refletidos na imagem
São ávidos pela aventura,
Por sentimentos bons
Ou um ótimo bolo de chocolate.

Vejo que mudo a cada instante, 
Às vezes em um ritmo que o mundo não acompanha
Um turbilhão constante de ideias, pensamentos, angústias e anseios
Insanidade, amor e desapego.