quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Simples assim

É interessante como é fácil descobrir os mistérios de cada um de nós. E infelizmente é um ponto negativo também. Hoje, existe uma luta quase titânica para obter o tal do sucesso e a fama. O resto vem como consequência: dinheiro, poder, prazeres.
Não tinha percebido isso até um professor suscitar esta questão, usando diversos exemplos para abrir nossos olhos diante da exposição exacerbada de nossa espécie. O que nos encanta nas pessoas é justamente esse mistério de tentar desvendar e ele se esconder novamente.
Tudo está exposto, explícito, mastigado, assim como a sociedade, que despe-se completamente para seguir a moda e o efêmero. Os valores mudam com uma velocidade impressionante. Na pressa de viver, as pessoas perdem o dom de investigar, descobrir o que há detrás das cortinas. Afinal, tudo já está exposto. Já andamos completamente nus, sem mistério algum. E no fim de tudo a vida já é vazia e o pior: óbvia. Que graça tem o óbvio?
Onde estavam os grandes mistérios que preenchiam páginas apaixonantes nos jornais?
E a consciência, a curiosidade, a ingenuidade?
Tudo isso se perdeu, infelizmente.