domingo, 23 de outubro de 2011

A falta de ética

No mundo atual em que vivemos, o uso da tecnologia já se tornou algo corriqueiro. A cada dia, milhões de pessoas acessam suas redes sociais, expondo para todos o que pensam e o que desejam.Só que as pessoas se esquecem que, assim como no mundo real, a ética também se aplica na web.
É necessário saber usar a internet para seu próprio benefício, sem abusar de sua liberdade de expressão. O simples ato de agredir uma pessoa em alguma rede social  implica em um problema crescente na atualidade, que já se tornou um crime.A principal arma de defesa da vítima está onde menos se imagina: não existe anonimato na internet. Rastreadores encontram o agressor e a partir disso abre-se um processo contra este agressor, que é penalizado de acordo com as leis vigentes.
No meio de tanta modernidade,ainda existiria e ética?
Conceito tão antigo e ao mesmo tempo tão moderno, a ética também deve ser aplicada no mundo virtual. Não é difícil muito menos impossível ser uma pessoa com princípios neste mundo que corre constantemente.
Para usar a internet de forma saudável, é necessário saber o que pode ou não publicar na rede, para não expor excessivamente a vida pessoal de si mesmo e de outras pessoas, muito menos agredir pessoas por preconceitos formados fora da internet ou atingir popularidade ou reconhecimento.
Por fim, o mundo necessita, urgentemente, aprender que não é uma máquina que responderá pela falta de responsabilidade de seu usuário. Quem sempre responderá será a pessoa de carne e osso sentada em frente à essa máquina.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Delírio

Homens insanos invadem o canto onde deveria ter silêncio.
Agora, quero paz. 
Quero respirar um ar novo, puro, livre.
Não quero contar meus passos, isso não é liberdade.
Andarei até o fim da estrada.
Voltarei se necessário.
Mas não irei desistir...
Prefiro morrer tentando do que sofrer a culpa de nunca ter arriscado.