domingo, 29 de maio de 2011

Despedida

Qual será o verdadeiro significado da palavra despedida?
Seria o fim de uma história?
Ou um novo começo, onde apertamos um botão "pause" e depois de algum tempo, apertar o "play" novamente?
Ao invés de dizer "adeus", poderíamos dizer "até logo!"?
É bom sentir saudade?
A distância acaba com uma amizade?
São tantas perguntas vagando em minha cabeça, e nenhuma resposta me satisfaz. A dor da partida se transforma em uma doce saudade, que vem acompanhada do sentimento de que as coisas vão ser melhores, onde quer que  pessoa querida esteja...
O "adeus" é uma palavra que nos lembra algo eterno, e a única coisa que se conserva eterna é o amor, o carinho, a amizade... coisas boas e irrefutáveis...
E quanto ao resto... é apenas o resto.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Recomeço

Estava tudo certo. As malas, prontas para a partida. Só precisava fechar a porta. Era a tarefa mais difícil, pois aquela casa fora cenário da mais bela história de amor, que acabara assim, tão de repente. As lembranças voltavam de uma forma violenta, em um turbilhão de beijos, momentos, risos e jantares, passeios, fotos. Tudo era parte daquele doce e apimentado amor...
Agora, a casa estava vazia... O táxi já buzinava lá fora, no portão.
"Ok", pensou. "É hora de ir agora..."
Mas as pernas não deixavam... a tristeza dominava aquele rápido sentimento de força que apossara de seu corpo frágil e febril. As lágrimas teimavam em fazer seu solitário percurso sobre seu rosto delicado.
Não, ela tinha que partir. Enxugou o rosto, foi até o portão e pediu a ajuda do taxista que, muito gentil, carregou suas malas até o carro. Então, dando um último olhar, fechou a porta, colocou as chaves debaixo do vaso de margaridas como de costume e saiu... e dessa vez era para sempre.
O percurso e o mundo a sua volta sumiam, dando lugar novamente as lembranças felizes de um tempo perdido no passado. Iniciar uma nova vida agora era tão distante e impossível... imaginar uma outra pessoa ocupando seu lugar, na sua casa era uma ofensa, uma traição. De repente, o ruído ensurdecedor da cidade voltava aos seus ouvidos...
"Que barulho era aquele, meu Deus! Como vou suportar essa bagunça de novo?"
Finalmente, o táxi chegou ao seu destino final. O prédio era bem conhecido e familiar. Parecia ter voltado três anos antes, quando morava ali com as colegas de universidade. A única diferença era que naquele dia, ela iria ser apenas ela, morando sozinha, desfazendo suas malas e tentando esquecer a dor.

sábado, 14 de maio de 2011

ÂNSIA

As palavras fogem de minha boca, quando deveriam me ajudar a expressar o quanto sinto por você... É difícil expressar o quanto te quero perto de mim, de ouvir sua voz e sentir o seu perfume...
Por isso, escrevo... escrevo para declarar minha ânsia de viver ao seu lado, de ser feliz...
...Esperando você ler isso um dia...
Ou morrer no esquecimento.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Vício

Passei por você naquele dia
E senti seu perfume envolvente
Sua presença marcante...
Virei-me enfeitiçada
E ruborizei ao sentir seus lindos olhos
Pousados em mim
Olhar rápido, quente, sensual...
Por que fico fora de controle perto de ti?
Meus dias se resumem a pensar...
Nos possíveis encontros,
Abraços, beijos e ensejos...
Você é meu mais belo vício
O sonho mais perfeito
Ah! Como é revigorante
Acordar todos os dias
E saber que a possibilidade de te ver existe,
Que poderei sonhar com o simples toque,
E te ver de longe
Ou ser ousada o bastante para passar por perto e...
Sentir seu perfume envolvente
Sua presença marcante...

terça-feira, 3 de maio de 2011

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Corações Partidos

Todos nós sonhamos
em ser feliz...
Mas... como???
Você não está aqui...

Não dá para viver
Já não consigo Comer
Eu queria sonhar
Não queria pensar

Porque te amar
É um tormento,
o meu longo sofrimento...

Hoje em mim sobrou
Esse louco amor
Que devastou meu coração
E deixou traços de desilusão.